fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

PCDF prende acusado de cometer triplo homicídio em 2014

De acordo com as investigações, o criminoso, de 31 anos, estava foragido desde a época do crime. Ele foi localizado em Alto Paraíso (GO)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por meio da 3ª Delegacia de Polícia, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou a Operação Paradisum para localizar e prender um foragido da Justiça do Distrito Federal que cometeu um triplo homicídio em 23 de janeiro de 2014 no Cruzeiro.

As vítimas foram dois irmãos, de 21 e 23 anos, que morreram na data, e o terceiro irmão, que foi atingido por dois disparos de arma de fogo, mas resistiu aos ferimentos. À época, o caso chocou os moradores da cidade.

De acordo com as investigações, o criminoso, de 31 anos, estava foragido desde a época do crime. Ele foi localizado e preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva. A ação ocorreu em uma área rural da cidade goiana de Alto Paraíso, onde trabalhava numa obra realizada em uma fazenda, a 60 km do centro da cidade. Foi realizado o cumprimento do mandado de prisão preventiva e agora o acusado permanece à disposição da Justiça.

“Uma mulher, ex-namorada de uma das vítimas, teria planejado o crime e, na companhia de outros quatro homens, teria sido a responsável por descobrir o endereço das vítimas. O indivíduo preso durante a operação teria sido um dos executores do triplo homicídio”, conta o delegado-adjunto da 3ª DP, Douglas Fernandes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo apurado, a motivação do triplo homicídio seria uma rixa antiga entre um dos acusados e uma das vítimas, pois uma delas teria esfaqueado um dos autores e esse fato teria provocado a ação. Além disso, a mulher envolvida tinha um filho com uma das vítimas e teria interesse em sua morte para ficar com os bens dela.

Relembre o caso

cEm 23 de janeiro de 2014, dois irmãos, de 18, 20 e 23 anos, foram assassinados a tiros dentro de casa, na Quadra 4 do Cruzeiro Velho, enquanto estavam sentados no sofá assistindo TV. As vítimas morreram no local. Outro irmão, levou dois tiros, um no tórax e outro que atravessou a mão e o rosto e ficou internado em estado grave à época.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade