fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

PCDF investiga aluna da UnB suspeita de pichar monumentos de Brasília

Por meio de um perfil no Instagram, a jovem publicava desenhos similares aos que foram pichados na cidade

Avatar

Publicado

em

policia civil pcdf
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Uma aluna da Universidade de Brasília (UnB) do curso de Arquitetura e urbanismo é suspeita de pichar áreas públicas e privadas de Brasília e postar nas redes sociais. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga a jovem, de 23 anos, que teria pichado partes da Rodoviária do Plano Piloto, do Teatro Nacional Cláudio Santoro, e das tesourinhas das asas Sul e Norte, além de outros locais.

De acordo com a PCDF, por meio de um perfil no Instagram, a jovem publicava desenhos similares aos que foram pichados na cidade. Além disso, também eram divulgadas as próprias pichações supostamente feitas pela investigada.

O caso é investigado pela 5ªDP (área Central). Caso a jovem seja condenada, ela pode responder criminalmente, além de pagar multa. No Distrito Federal, a multa para quem comete esse tipo de infração contra um monumento ou bem tombado é de R$ 25 mil a R$ 100 mil. Em caso de reincidência, o valor é dobrado. Além disso, o condenado terá que arcar com as despesas de restauração do patrimônio danificado.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade