fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Parque da Cidade passa por obras

A Secretaria de Esporte e Lazer, que administra o Parque da Cidade, aproveitou o momento de pandemia já que o acesso aos parques está restrito

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Desde a semana passada o Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek recebe uma série de reformas. Estão sendo alterados os  vestiários, os banheiros e as calçadas. Já o Parque Ana Lídia  está sendo revitalizado. 

A Secretaria de Esporte e Lazer, que administra o Parque da Cidade, aproveitou o momento em que, por conta da pandemia de Covid-19, em que o acesso aos parques está restrito, para realizar essas reformas fundamentais, como a troca de brinquedos, grama e areia do Parque Ana Lídia; de piso, vidraças e armários dos vestiários, assim como pintura de suas paredes; e restauração das calçadas dos estacionamentos 12 e 13, que vão ganhar ainda acessibilidade.

“Esses são os primeiros passos para entregar o Parque da Cidade cada vez mais bonito para a nossa população. Estamos satisfeitos com essas mudanças, que vão fazer muita diferença no cotidiano dos frequentadores na hora do seu uso. Como, por exemplo, os vestiários todos reformados, calçadas com acessibilidade e brinquedos novos para as crianças. Estou acompanhando de perto todas essas melhorias”, destaca a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão.

O planejamento prevê, em breve, a construção de um campo de futebol society e uma pista de cooper, além da pintura das pontes. “Essa mudanças são muito significativas. As calçadas estavam há mais de duas décadas sem cuidados. Além da falta de acessibilidade, que estamos incluindo agora nessa reforma”, completa o administrador do Parque da Cidade, Silvestre da Silva. Devido às normas do Governo do Distrito Federal para conter a proliferação de coronavírus, o acesso aos vestiários e banheiros estão interditados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saiba Mais

O Parque da Cidade contabiliza, em uma área de 420 hectares, uma série de atrativos para pessoas de todas as idades, como churrasqueiras, quadras para a prática de várias modalidades esportivas, parques infantis, praças, lagos, Centro Hípico, restaurantes e um Pavilhão de Exposições, que costuma sediar diversos eventos todos os meses. O local recebe, em média, 14 mil pessoas, durante a semana e cerca de 40 mil aos fins de semana. No momento atual, esse número reduziu devido às restrições de acesso.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade