fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Paradas de ônibus: 525 estruturas serão construídas e 650 reformadas

Em fase de licitação, as obras devem começar no segundo semestre deste ano em várias cidades do DF

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Uma licitação divulgada este mês prevê a construção de 525 paradas de ônibus e reforma de 650 estruturas. De acordo com a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), as obras devem começar no segundo semestre deste ano.

Na semana passada, uma parada na quadra 504, em Samambaia Sul, teve que ser interditada, após um carro atingir e quebrar um pilar da estrutura. Por medida de segurança, o abrigo foi retirado do local e também será recolocado em breve. De acordo com o subsecretaria de Terminais da Semob, Luiz Antônio Ehret, os abrigos levam cerca de 10 dias de trabalho.

“A estrutura já vem praticamente pronta, mas tem o piso tátil, calçada, meio-fio, impermeabilização e pintura”, explica o subsecretário. Ele ressalta que a colocação ou a reforma das paradas de ônibus depende da demanda das regiões, que geralmente vêm da administrações regionais. Cada uma custa, em média, R$ 17 mil.

Abrigos entregues

Entre março e maio deste ano, 30 abrigos de ônibus foram entregues à população. As regiões contempladas foram Brazlândia, Fercal, Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Santa Maria, São Sebastião e Sobradinho. Cada estrutura teve o custo de R$ 15.700 aos cofres públicos da capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atualmente, a Semob está finalizando as obras de mais 23 paradas de ônibus no Distrito Federal. Os abrigos de concreto do tipo C estão sendo instalados em Taguatinga, Gama e Ceilândia. A previsão de entrega das obras é para este mês. As novas estruturas estão incluídas em contrato realizado no segundo semestre de 2019 para a construção de 91 abrigos, dos quais 68 já foram concluídos e 23 estão sendo finalizados.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade