fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Paciente dá entrada no Hran com suspeita de coronavírus

Homem teria tido contato com uma pessoa da Espanha que teria sido diagnosticada com a doença

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Willian Matos e Catarina Lima
redacao@grupojbr.com

Na madrugada desta quarta-feira (26), um homem deu entrada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) com sintomas do coronavírus. O paciente, de idade não informada, teve contato com uma pessoa da Espanha que teria sido diagnosticada com a doença.

O homem está isolado no sétimo andar do hospital. Os médicos devem monitorá-lo pelas próximas 24 horas e, se for o caso, liberá-lo e seguir com o acompanhamento em casa.

Os médicos já solicitaram um painel viral, exame que aponta os vírus causadores da gripe do paciente. Um teste chamado Covid-19 também deve ser feito.

O diretor do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), Leonardo Ramos, confirmou que tem um paciente no hospital com suspeita de coronavírus. De acordo com o médico está sendo cumprido o protocolo de atendimento, mas tudo indica que não se trata da doença. 

Secretaria de Saúde

Em contrapartida, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou, por meio de nota, que o caso não se encaixa como suspeito de coronavírus e que apenas o Ministério de Saúde se manifestará sobre casos suspeitos. 

“Somente o Ministério da Saúde está se pronunciando sobre o assunto. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal reforça que, até o momento, o DF não tem caso suspeito da doença.
A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informa que o paciente que deu entrada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), na madrugada desta quarta-feira (26), não se encaixa na descrição de caso suspeito de coronavírus e já foi totalmente descartado”.

Outro caso

No Hospital Santa Lúcia, também na Asa Norte, outro paciente deu entrada com suspeita de coronavírus. No entanto, o quadro dele mudou para uma infecção bacteriana. Mesmo assim, ele só será liberado após exames.

São Paulo

Em São Paulo, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso positivo de coronavírus no Brasil. Internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital paulista, o paciente é um homem de 61 anos que viajou para o norte da Itália entre 9 e 21 de fevereiro, país onde o vírus começou a se disseminar.

O paciente, que mora em São Paulo, tem sinais brandos da doença, como tosse, febre, dor de garganta e coriza.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade