fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Outros seis suspeitos de torturar e matar usuários de drogas são presos no DF

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do DF prendeu, nesta quarta-feira (15), uma quadrilha de traficantes suspeita de manter em cárcere privado, torturar e matar usuários de drogas devedores. O grupo, segundo a corporação, ainda é acusado de corrupção de menores e ocultação de cadáver.

Durante a operação, denominada ‘Cruciatus’, seis pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça e um adolescente apreendido. O líder da quadrilha, porém, ainda está foragido. De acordo com o delegado-chefe da 16ª Delegacia de Polícia, Edson Medina, os suspeitos agiam principalmente em Planaltina. A primeira parte da operação, deflagrada em junho deste ano, resultou na prisão de dois integrantes do grupo.

Leia mais: Vítima de facção em Planaltina foi apedrejada e asfixiada por 4 horas

“Esse grupo criminoso também é investigado, desde a primeira fase da operação ocorrida em junho deste ano, de torturar, estuprar e manter presa, em uma cisterna, a companheira de um usuário de drogas, por conta de dívida com os traficantes”, conta o delegado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As investigações apontaram, também, que um homem, conhecido como ‘Doutor’, procurou integrantes da quadrilha para quitar dívida de drogas e foi ameaçado de morte e mantido preso dentro de uma cisterna por três dias. “A vítima foi obrigada a entregar a chave da residência, onde teve os bens subtraídos”, destaca Medina.

Aguarde mais informações




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade