Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Órfãos de militares serão isentos de pagamento em escolas da categoria

Aqueles que perderam os pais ou responsáveis vítimas de acidente de trabalho, ou em razão dele, poderão ingressar em colégios militares sem pagar matrícula e taxas

Publicado

em

Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília
PUBLICIDADE

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decretou, nesta segunda-feira (11), medida benéfica a órfãos de militares. Aqueles que perderam seus responsáveis integrantes das forças de segurança do Distrito Federal que tenham sido mortos em serviço — ou em razão dele — terão isenção em matrícula e taxas em escolas militares locais.

A medida engloba órfãos de integrantes de Polícia Civil (PCDF), Polícia Militar (PMDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Departamento de Trânsito (Detran) e agentes de execução penal da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), independentemente da data da morte do servidor ou militar.

O aluno poderá ingressar em todos os níveis escolares que a escola oferecer. Caso não haja vagas no período de matrícula desejado, o colégio deverá assegurar ao aluno a primeira vaga que surgir no decorrer do ano letivo.

A medida representa o cumprimento de uma promessa feita por Ibaneis à família da soldada Marizelli Armelinda Dias. Ela faleceu em setembro após sofrer um acidente de trabalho enquanto combatia um incêndio florestal na QNL, em Taguatinga.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade