fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Operação Será: Polícia Civil busca supostas obras inéditas de Renato Russo

Há a hipótese de que o dono de um estúdio que Renato usava para ensaiar estaria ocultando músicas nunca gravadas pelo cantor brasiliense

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) realiza nesta segunda-feira (26) uma operação para tentar identificar e buscar possíveis obras inéditas do artista brasiliense Renato Russo, integrante da banda Legião Urbana.

Agentes cumprem mandados de busca e apreensão em regiões ainda não informadas. Um dos alvos dos policiais é um estúdio de gravação que Renato usava para ensaiar. Há a hipótese de que o dono do estúdio estaria guardando de forma indevida músicas inéditas do artista brasiliense.

Há quase um ano, o filho de Renato Russo, Giuliani Manfredini, denunciou que estariam ocultando canções nunca gravadas pelo cantor. Manfredini é detentor dos direitos autorais do pai.

A ação desta segunda (26) foi batizada de Operação Será, em referência a um dos sucessos de Renato Russo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade