Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Operação Álcool Zero acontecerá neste domingo (7)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Letícia Cotta
redacao@grupojbr.com

Apesar da comercialização de bebidas de teor alcoólico estar permitida no Distrito Federal, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) realizará normalmente a Operação Álcool Zero, neste domingo (7), dia de eleição.

A iniciativa tem objetivo de evitar a combinação entre bebida e direção. “Algumas pessoas estão confundindo a não-lei seca no que diz respeito a eleição, porque será permitida a venda de bebida alcóolica, com alguma coisa como não haver lei seca na questão do trânsito. Domingo será um dia como todos os outros do ano, você poderá beber, mas logicamente não poderá dirigir após beber”, explica o Coronel Souza Oliveira.

Além disso, de acordo com o coronel, existirão pontos de bloqueio e serão feitas abordagens. “Nós vamos montar alguns pontos de bloqueio, haverão algumas operações, mas também haverão as abordagens pontuais. As pessoas entendem que por não poder haver prisão, ela não pode ser presa em flagrante. Se estiver muito embriagado, ou mesmo que se negue e tenha sinais muito claros, será levado à delegacia”, afirma Souza Oliveira.

Eleições

Existe, também, uma série de medidas divulgadas pela PMDF do que é ou não possível fazer no domingo.

Não será permitida a concentração de pessoas, até o fim da votação, de pessoas com camisas padronizadas, bandeiras, broches, e adesivos de candidatos ou partidos; utilização de alto-falantes e amplificadores de som; realização de comícios e carreatas; oferecer alimentos ou transporte de eleitores; fazer boca de urna ou tentar convencer eleitores; distribuir qualquer tipo de propaganda eleitoral; impedir que o eleitor vote; usar celular, equipamento fotográfico, ou qualquer equipamento que prejudique o sigilo do voto, e a realização de debates na televisão e na rádio ou transmissão de propaganda eleitoral.

Será permitido demonstrar sua preferência por um candidato ou partido com uso de camisas padronizadas, bandeiras, broches, e adesivos, mas a manifestação deverá ser silenciosa e individual; a fiscalização do partido ou coligação, e levar uma “cola” com os números dos candidatos para a urna de votação.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade