fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Open Source: “O futuro é aberto e colaborativo” diz CEO da Red Hat

Henrique Kotnick

Publicado

em

PUBLICIDADE
Henrique Kotnick
redação@grupojbr.com

A Red Hat, líder mundial em soluções open source, esteve em Brasília nesta quarta-feira (23) com uma missão especial: apresentar o papel do open source na transformação digital e na modernização de serviços.

“O open source, já há algum tempo, abriu as portas para um futuro mais ágil e inovador. Essa tecnologia transformou o dia a dia das organizações, alterou a maneira de consumir produtos e serviços, estreitou a relação entre marcas e a sociedade, e quebrou paradigmas em diversos setores. Tudo isso baseado em um princípio fundamental: a colaboração. É essa ideia que queremos passar durante nosso evento”, afirmou Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil, minutos antes de subir ao palco para dar início ao Red Hat Tech Tour Brasília – Think About The Future.

O auditório do hotel Royal Tulip, em Brasília, foi palco para o Tech Tour, evento que apresentou propostas de inovação para o mundo da informatização. Gilson Magalhães abriu o circuito de palestras com algumas considerações e explicou os conceitos da Red Hat, empresa de Open Source. De acordo com o presidente, a colaboração aberta tem três princípios básicos para alcança o sucesso:
1 – Igualitarismo
2 – Meritocracia
3 – Auto-organização

Dentro desse novo modelo de negócio a se adotar, deve-se pensar em apagar os hábitos antigos que também segundo o CEO, é uma maneira de evoluirmos junto com a tecnologia.

Com o slogan “think about the future” (pense sobre o futuro), a Tech Tour passou por Brasília com um dia cheio. A troca de experiências ficou evidente entre os participantes e no estande da Red Hat. A presença de especialistas ajudou a sanar as dúvidas sobre o tão comentado “Open Source”. 

Com o mote “Vamos construir o futuro hoje?”, a empresa mostrou como a adoção de tecnologias abertas pode contribuir para um futuro muito mais ágil, escalável e integrado, capaz de mudar o dia a dia dos negócios e da sociedade como um todo. Em seu discurso para um auditório lotado no hotel Royal Tulip, Magalhães trouxe um pouco da história e do trabalho da Red Hat, além de abordar uma das premissas básicas do open source, a colaboração.

De acordo com o executivo, a cultura aberta e colaborativa tem três princípios básicos para o sucesso. São eles o igualitarismo, a meritocracia e a auto-organização. Dentro desse modelo de negócio, não há espaço para hábitos antigos, como gestão centralizada e falta de diálogo entre as equipes. Mudar o mindset é premissa básica para se evoluir em conjunto com a tecnologia.

Logo na sequência, o diretor dos Arquitetos de Solução da Red Hat, Boris Kuszka, e o gerente de Vendas da Red Hat em Brasília, Marcelo Faustino, apresentaram painéis sobre as infinitas possibilidades oferecidas pelo universo do open source. Parceiros e clientes da empresa também participam do encontro para trazer as experiências deles com os usos das soluções de código aberto dia a dia.

Um dos principais pontos abordados durante as palestras foi indicar como entidades governamentais poderão se beneficiar desse modelo de negócio digital. Palestrantes citaram exemplos como o Facebook e o LinkedIn, empresas que construídas com o sistema de código aberto, onde vários pequenos negócios se juntaram para formar um projeto maior.

Confira a palestra do CEO da Red Hat



Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade