Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Mulher tem pescoço cortado por armadilha com arame e morre

Polícia suspeita que criminosos tenham feito a armadilha para derrubar motociclistas e roubá-los em seguida. A bolsa e o celular da mulher foram levados

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Uma mulher de 36 anos veio a óbito na madrugada de sábado (16) após ter o pescoço cortado por uma armadilha feita com arame em uma rua de Formosa, Entorno do Distrito Federal. Rosimeire Brito do Nascimento, que trabalhava em um buffet, voltava de um evento quando foi atingida.

O arame estava amarrado entre um poste e uma árvore. A polícia suspeita que ele tenha sido colocado por criminosos para derrubar motociclistas e roubá-los em seguida. Rosimeire morreu no local e teve a bolsa e o celular levados.

A polícia, agora, faz buscas para identificar e prender os suspeitos de colocar o arame no local. O enterro de Rosimeire deve acontecer no domingo (17), no cemitério Cruz das Almas, em Formosa.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade