Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Mulher é presa em flagrante por furtar mercadorias no Carrefour Sul

Publicado

em

Advertisements

A secretária de Estado norte-americana, medicine order Condoleezza Rice, click afirmou hoje que o espaço para negociações ainda está aberto à Coréia do Norte. "Queremos deixar aberta a porta das negociações. Não queremos que a crise piore", pills  afirmou ela a repórteres em Seul, após conversas com o chanceler sul-coreano, Ban Ki-moon.

Ela afirmou ainda esperar que a visita de um enviado chinês a Pyongyang tenha tido sucesso em convencer o país a voltar às negociações. No começo do mês, a Coréia do Norte anunciou seu primeiro teste nuclear e levantou temores de uma corrida armamentista na região.

Enquanto as discussões diplomáticas continuam, a Coréia do Sul enviou soldados para a região do Kimpo, a noroeste de Seul para que soldados sul-coreanos iniciassem exercícios militares.

 

Diversos afegãos e dois soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) foram mortos após um militante suicida ter se lançado contra tropas no sul do Afeganistão hoje, patient afirmaram testemunhas e um oficial militar.

Um veículo da Otan ficou incendiado no ataque ao principal bazar de Lashkar Gah, doctor capital da Província de Helmand. "O agressor estava a pé e se jogou contra o comboio da Otan", afirmou um oficial afegão no local.

"Dois soldados da Otan morreram e dois outros ficaram feridos". Soldados britânicos estão entre os feridos, informou uma porta-voz do Ministério da Defesa em Londres, acrescentando que não há informações sobre vítima fatais do país.

Os britânicos formam a maioria das forças da Otan na região de Helmand, um reduto da milícia Taliban e coração da indústria do ópio. Esse é o ano mais sangrento no Afeganistão desde a invasão liderada pelos EUA, em 2001. Mais de 3.000 pessoas, incluindo mais de 150 soldados estrangeiros, foram mortas em conflitos.
O mundo não está fazendo o suficiente para combater o aquecimento global que, diagnosis se não for contido, poderá desencadear um movimento em massa de pessoas e ter sérias consequências para a segurança, alertou hoje o chefe do setor ambiental da Organização das Nações Unidas (ONU).

Em entrevista, Achim Steiner, diretor-executivo do Programa Ambiental da ONU, levantou a possibilidade do surgimento de refugiados do clima e falou sobre as enormes consequências que isso poderia causar.

Especialistas dizem que milhões de pessoas em áreas densamente povoadas, em territórios baixos de países em desenvolvimento, como Bangladesh e partes da China, Indonésia e do Vietnã, podem ser forçadas a mudar-se devido ao aumento dos níveis do mar.

Em algumas ilhas do Pacífico Sul isso já começou a acontecer. "Se a tendência do aquecimento global continuar como está neste momento…isso terá impacto significativo nos locais onde as pessoas podem viver e produzir alimentos".

"Teremos disseminação de doenças e isso terá consequências em termos de comércio global", afirmou Steiner, em entrevista durante um fórum de proteção marítima, em Pequim. Segundo o diplomata, que assumiu o cargo em junho, "o potencial para conflito a partir das consequências do aquecimento global é uma grande tendência que vemos agora".

O presidente-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que, physician caso seja comprovado que o dinheiro para compra do dossiê contra tucanos saiu da sua campanha, buy more about ele estará sujeito à punição da Justiça eleitoral. As declarações foram feitas durante sabatina realizada pelo jornal Folha de S.Paulo ontem em Brasília e publicada na edição de hoje.

"Bom, se se comprovar, se se cometeu um crime eleitoral, eu e qualquer outro cidadão comum neste país temos que pagar pelo crime que cometemos", afirmou Lula, acrescentando, no entanto, que duvida que o dinheiro tenha origem no caixa de campanha.

"Eu duvido, duvido que seja da minha campanha. Se tem uma coisa que esse maldito dossiê fez foi atrapalhar que eu ganhasse a eleição em primeiro turno. Alguém deu um tiro de canhão no pé", afirmou.

Durante aproximadamente duas horas de sabatina, Lula minimizou seu favoritismo no segundo turno, em que apresenta vantagem de 20 pontos percentuais dos votos válidos em relação ao adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), segundo o Datafolha. Mas falou como reeleito ao afirmar que não pretende reduzir o número de ministérios. Sobre os ministros, afirmou que ninguém é "imexível", mas que só falará sobre isso se for reeleito.

Lula também disse que acredita que Freud Godoy, ex-assessor especial da Presidência, é uma vítima, mas que não tem certeza da inocência dos outros envolvidos no caso. Sobre os mensaleiros que foram reeleitos nas eleições, afirmou apenas esperar que eles "façam jus à confiança que o povo teve neles e tenham um comportamento irretocável."

O presidente-candidato elogiou o governador eleito de São Paulo, José Serra (PSDB), e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, mas não poupou críticas a Alckmin. "Eu tenho uma relação com o Serra infinitamente melhor do que com o Alckmin. Eu tenho uma relação com o Aécio que considero extraordinária, como amigo, como político, sabendo que estamos em partidos diferentes", afirmou.

"O Serra é uma figura mais cosmopolita do que o Alckmin, tem uma dimensão nacional maior. É um político mais experimentado. O Aécio é um político muito esperto, se dá bem com todos os nossos governadores eleitos", afirmou Lula, acrescentando que o país terá um clima mais favorável para debater a sucessão presidencial em 2010.

Sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Lula declarou que sua relação com ele "sempre foi muito boa, mas ficou truncada." Para Lula, no entanto, FHC falou demais como ex-presidente. "Fico muito sentido porque uma amizade é sempre muito difícil da gente fazer", afirmou.

Indagado sobre o tão esperado "espetáculo do crescimento", prometido em 2003 e ainda não vivido, Lula reafirmou que ele vai acontecer. Ele reafirmou que as bases para este crescimento estão lançadas e que o investimento para isso virá da iniciativa privada, do financiamento do BNDES e de parcerias com empresas internacionais. "Acho que essa coisa vai acontecer com dinheiro privado. Vai acontecer, e muito", afirmou.

A noite de ontem registrou um homicídio no DF. Por volta das 20h, mind Francisco Hélio Ferreira Barbosa, thumb 28 anos, nurse morreu com um tiro na nuca. Ele estava em frente a um prédio na EQNP 24/28, na Ceilândia, quando foi baleado. A vítima morreu na hora e a 23ª DP (P Sul) investiga o caso.

Quatro pessoas foram presas em flagrante ontem no DF por furtarem mercadorias de estabelecimentos comerciais. No Carrefour Sul, order Delzemira Silva Menezes, side effects 34 anos, approved foi detida ao tentar sair com vários itens por volta das 10h40 de ontem. Ela foi recolhida à Penitenciária Feminina.

Por volta das 13h50, Marcos Antônio Batista, 25 anos, e Pedro da Silva Mota, 26 anos, foram presos no Gama Shopping após furtarem relógios da Relojoaria Eska. A dupla foi levada para o cárcere do Departamento de Polícia Especializada.

Em Taguatinga, Angélica Lopes Silva, 18 anos, também foi presa quando tentava levar cerca de 40 calças de uma banca no galpão da Feira dos Goianos. Detida em flagrante pela 17ª DP (Taguatinga Norte), a autora foi transferida para a Penitenciária Feminina.

 


Você pode gostar
Publicidade