fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ministério confirma primeira morte por Síndrome Multissistêmica no DF; doença pode estar relacionada à covid-19

A vítima é uma adolescente de 17 anos, morta em agosto. Doença pode estar relacionada à covid-19

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

O Distrito Federal teve registrada a primeira morte em decorrência da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). A doença pode estar relacionada à covid-19.

A vítima do DF é uma adolescente de 17 anos, morta em agosto. Há, ainda, outros sete casos registrados na capital em decorrência da doença. No entanto, seis delas moram em outros estados, e um não teve o endereço identificado.

Ao todo, no Brasil, já são 42 casos da SIM-P, informa o Ministério da Saúde. A doença atinge crianças e adolescentes de 0 a 19 anos, e pode estar relacionada à covid-19.

Embora a pasta afirme que  “ainda não há evidências” dessa relação, especialistas apontam que, após a criança ou adolescente testar positivo para a covid, ele manifesta uma resposta inflamatória, desenvolvendo sintomas como febre, pressão baixa, manchas pelo corpo, diarreia ou vômito, conjuntivite, dentre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No DF, a maioria dos casos foram registrados em pessoas de 10 a 14 anos. Apenas dois pacientes têm entre 15 e 19 anos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade