fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Lucas Antonietti vence corrida à Prefeitura por 35 votos em Águas Lindas

A candidatura de Antonietti foi uma das únicas na cidade a chamar para a vice-Prefeitura alguém de outro partido. Jorge Amaro (Republicanos) assume o cargo

Olavo David Neto

Publicado

em

Foto: Reprodução/Redes Sociais
PUBLICIDADE

Um pleito apertado do início ao fim deu a vitória a Lucas Antonietti (Podemos) em Águas Lindas. O “Dr. Lucas da Santa Mônica”, como é conhecido o médico, arrebanhou 32.214 votos (47,61%) apenas 35 a mais que Wilson Carvalho – ou Wilson do Tullio (DEM) -, que chegou ao fim da Eleição com 47,56%. O candidato derrotado tem apenas 21 anos e zero experiência na política.

Ele foi o escolhido de Marco Tullio (DEM) já em 28 de outubro para a corrida, já que este foi considerado inelegível por captação e gasto ilícito de recurso financeiro na campanha de 2016.

Águas Lindas é o município do Entorno que mais dependente de Brasília, e vice-versa. De acordo com a Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), eram 44 mil águas lindenses empregados no Distrito Federal entre 2017 e 2018 – 18 mil apenas na região central da capital. Com relação à Saúde, cerca de 67 mil cidadãos da cidade goiana dependiam do sistema do DF – sendo 53 mil apenas em Taguatinga, Brazlândia e Ceilândia.

A candidatura de Antonietti foi uma das únicas na cidade a chamar para a vice-Prefeitura alguém de outro partido. Jorge Amaro (Republicanos) assume o cargo junto ao novo prefeito em 1º de janeiro. Os outros candidatos não chegaram a 5%, se somadas as votações de cada um deles. Anotnietti e Carvalho eram dois dos três candidatos civis em Águas Lindas. Havia três militares no pleito, incluindo o vice da chapa do Democratas, sargento Godói. Este é o primeiro cargo político que Lucas Antonietti assumirá na vida. Para tal, deixará os quase 20 anos de medicina de lado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade