fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Lago Sul: sob efeito de drogas, advogado tem alucinação, chama a PM e acaba detido

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um advogado e um amigo foram parar na delegacia após fazerem uso de drogas e chamar a Polícia Militar, na noite desta quarta-feira (24), no Lago Sul. A corporação foi acionada por volta das 22h50 com a denúncia de que oito pessoas haviam invadido uma casa da QI 23.

Na casa também funciona um escritório de advocacia. O morador jogou a chave da residência pela janela e informou que os suspeitos estavam lá dentro. Ao fazer varredura no quintal e entrar no imóvel, os militares perceberam que não havia sinal de arrombamento nem de suspeitos.

Foi durante conversa com o advogado e o amigo dele que a polícia percebeu que ambos aparentavam estar sob o efeito de droga. Um dos policiais localizou aproximadamente 30g de um pó branco em uma lixeira, supostamente cocaína. Questionados sobre o uso de entorpecentes, eles assumiram ter usado cocaína e disseram que os supostos invasores não passavam de alucinações.

PMDF/Divulgação

Em busca de mais quantidade da droga, os policiais revistaram um Jeep que estava na garagem e encontraram mais 200g de cocaína. O veículo foi apreendido e os dois homens foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um deles, que assumiu a posse da droga e confirmou ter ido ao local vendê-la, foi autuado por tráfico de drogas. Já o outro, o advogado, foi autuado por uso e porte de entorpecentes.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade