fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

JBr arrecada doações e distribui a quem precisa

JBr do Bem entrega os donativos em creches, hospitais e asilos do DF

Olavo David Neto

Publicado

em

PUBLICIDADE

Final de ano é tempo de amor ao próximo. Cristãs ou não, as pessoas ficam mais solidárias com o sofrimento alheio, e mais propensas a atitudes compadecidas. É nesta base que a campanha de Natal do Jornal de Brasília, promovida pela JBr do Bem, etiqueta do tradicional veículo da capital da República para ações de solidariedade, chega à sua oitava edição. Capitaneada pelo renomado colunista Marcelo Chaves, a iniciativa se reinventou neste 2020 pandêmico para continuar distribuindo donativos entre hospitais, creches, asilos e instituições do gênero.

Marcelo contou à reportagem que, neste ano que se encerra em breve, foram adotadas algumas medidas de segurança, para evitar contato e, consequentemente, riscos de contágio pelo novo coronavírus. Uma delas é a possibilidade da doação de qualquer valor em dinheiro, que passa pelo rigoroso controle de Dagmar Galvão, diretora financeira do JBr. “Tudo é devidamente registrado. Temos notas fiscais de tudo que é comprado, e elas ficam disponíveis para quem doou e para quem quiser conferir”, comenta Chaves.

Três etapas de doações

As doações foram organizadas em três etapas, até para facilitar a logística da ação. “A primeira foram os brinquedos; nesta semana, começamos desde segunda-feira a entrega das cestas de natal, que devemos encerrar ainda hoje”, explica o colunista. “Na próxima semana, entregaremos cestas básicas e fraldas geriátricas”, pontua Marcelo. Quem por ventura não tenha doado ganhará mais um prazo para efetuar as transferências. “O sucesso está sendo tão grande que nós prorrogamos até 31 de dezembro o prazo para doação”, comemora.

Até o fechamento desta reportagem foi arrecadado dinheiro suficiente para compra de mais de 500 brinquedos, cerca de 200 cestas natalinas — “com panetone, chocotone, biscoitos, sucos, massas e várias outras iguarias dentro”, conta Marcelo. As fraldas geriátricas, que serão distribuídas após a celebração do Natal, serão compradas na próxima semana. Conforme diz Marcelo, é a forma que o JBr. arrumou para cuidar de quem mais precisa. “A ideia veio da necessidade do Jornal de Brasília se engajar em obras assistenciais com o objetivo de amenizar o sofrimento da população mais carente da cidade”, explica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Quem doa são padrinhos que estão colaborando com uma quantia estipulada. Leitores, empresas, apoiadores, qualquer um pode colaborar. A campanha anual tem como tradição adotar — ou ser adotada por — uma madrinha de honra. No ano passado, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha, hoje secretária de Desenvolvimento
Social da capital. Agora, é a vez de Daniela Albuquerque, da RedeTV!, assumir o posto.

Em entrevista à coluna diária de Marcelo Chaves, “Dani”, como é conhecida, comemorou. “Estou muito feliz em participar da campanha solidária de Natal do Jornal de Brasília”, comentou a renomada apresentadora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ela disse, ainda, que ajudar aos mais necessitados ajuda inclusive a fortalecer o sentimento dominante nesta época do ano. “Já fui uma criança que esperou o presente de Natal e sei da importância disso para os menos favorecidos. Isso faz com que a emoção natalina tome conta de mim”, celebrou. “Meu coração transborda de amor ao ver o brilho do sorriso de uma criança”, finalizou Albuquerque.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade