fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Iges-DF faz alerta sobre campanha de saúde mental

Colaboradores do instituto Iges-DF recebem atendimentos individuais para manter cuidados com a saúde mental

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Tratar uma doença vai muito além da cura física. Em vários casos, os cuidados com a saúde mental do paciente têm papel fundamental na recuperação. Sabendo disso, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) participa da edição de 2021 da campanha nacional Janeiro Branco, que busca conscientizar sobre a importância da saúde emocional na vida das pessoas.

O objetivo é chamar a atenção da população para os cuidados com a mente e estender esse alerta aos colaboradores diretos e indiretos das unidades administradas pelo instituto. A Gerência de Saúde, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho organizou um cronograma de atendimentos individuais com psicólogos, além de sessões de acupuntura e acompanhamento nutricional, durante todo este ano.

“A promoção da saúde mental é essencial para que nossos colaboradores tenham a capacidade necessária de executar suas habilidades pessoais e profissionais, principalmente em um momento delicado como esse de pandemia”, declara Leilane Oliveira, uma das responsáveis pelo setor. “Essa fase tem deixado tantas marcas emocionais e físicas nas pessoas, de maneira geral.”

Estar bem para cuidar do outro

Ansiedade, tristeza, estresse e cansaço. Esses são alguns dos sintomas que podem ser desenvolvidos devido a uma rotina intensa de trabalho. Em 2020, diante dos enormes efeitos da crise sanitária, essas ameaças à saúde mental se mostraram ainda mais urgentes, de acordo com a psicóloga Luanda Veloso. “Foi um ano muito atípico e, para aprender a lidar com tantos sentimentos, é necessário se autoconhecer e cuidar da mente.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luanda é uma das responsáveis pelos atendimentos aos colaboradores ao longo do ano. As sessões de psicoterapia acontecem semanalmente ou a cada 15 dias, dependendo da demanda.

Ao saber da iniciativa, Máslova Toffolo, de 52 anos, deu o primeiro passo para começar bem o novo ano e agendou uma sessão com uma psicóloga. “Eu estava precisando dividir as aflições e angústias desse ano que passou. Foi bem difícil e precisava de um suporte para conseguir segurar o que vem pela frente”, desabafa a chefe do Núcleo de Gestão de Leitos do Hospital de Santa Maria (HRSM).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois da consulta, ela já se sentia bem melhor. “Me senti mais leve. Achei super positiva essa iniciativa do Iges, porque isso vai nos ajudar a dar um atendimento melhor para os pacientes”, validou Máslova.

Suporte durante internação

Dentro das unidades de saúde geridas pelo Iges-DF, há uma rede especializada de psicólogos, psiquiatras e nutricionistas. Esses profissionais são responsáveis por oferecer todo o suporte necessário durante o processo de hospitalização, para amenizar os efeitos psicológicos advindos do processo, além de tratamentos de doenças como transtornos alimentares e obesidade — no caso dos nutricionistas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade