fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Iges-DF: abertas novas vagas para residência multiprofissional

A data provável das provas escritas é 17 de janeiro. O resultado final sairá em 18 de fevereiro, após análise curricular dos candidatos

Avatar

Publicado

em

Foto: Davidyson Damasceno/ Agência IGESDF
PUBLICIDADE

Estão abertas as inscrições para ingresso em dois programas de residência multiprofissional do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Os interessados têm até 8 de janeiro para se candidatar aos programas em urgência e emergência ou em oncologia, sendo de R$ 221 a taxa de inscrição. São 14 vagas nas áreas de enfermagem, nutrição, fisioterapia e farmácia.

A data provável das provas escritas é 17 de janeiro. O resultado final sairá em 18 de fevereiro, após análise curricular dos candidatos. As matrículas ocorrem em 22 e 23 do mesmo mês. Os candidatos selecionados no processo seletivo receberão uma bolsa no valor de R$ 3.330 para uma carga horária dedicada de 60 horas semanais.

A residência multidisciplinar terá duração de dois anos, contados de 1º de março de 2021 a 28 de fevereiro de 2023. As atividades teóricas e teórico/práticas serão desenvolvidas, principalmente, nas unidades do Iges-DF.

Programas de residência

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Programa de Residência Multiprofissional em Oncologia será desenvolvido no Hospital de Base e tem como objetivo habilitar profissionais da saúde para atuarem de forma interdisciplinar, promovendo a especialização profissional por intermédio de treinamento em serviço e atividades teórico-práticas voltadas à avaliação crítica e de investigação científica. A finalidade é favorecer o trabalho em equipe fundamentado nos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e na Política Nacional de Atenção Oncológica.

Já o Programa de Residência em Urgência e Emergência pode ser desenvolvido em várias unidades e tem como objetivo capacitar profissionais da saúde para atuar interdisciplinarmente de maneira crítica, ética, reflexiva e interventiva nos diversos cenários de atenção às urgências e emergências. A meta é assegurar os princípios da universalidade, equidade, integralidade do cuidado, regionalização e atendimento em linhas de cuidado com base nas diretrizes do SUS e da Política Nacional da Rede de Atenção às Urgências e Emergências.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade