Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Idosos agitam centros olímpicos com festas 

Não é só fazê-los se divertir com bailes e oficinas de artesanato: a razão principal é ensinar/aprender a cuidar dos mais velhos

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Em outubro se comemora o Dia Internacional do Idoso e por isso a Secretaria de Esporte e Lazer e a Fundação Assis Chateaubriand prepararam uma programação especial para os Centros Olímpicos e Paralímpicos (COPs) da Estrutural, Ceilândia (Parque da Vaquejada e Setor O), Riacho Fundo I, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho.

Esta é a terceira edição da Semana da Pessoa Idosa – que tem como objetivo ofertar para os alunos dos COPs diversas de atividades interativas – e assim promover a melhoria da qualidade de vida e da autoestima. Isso pode ser feito com momentos de integração e valorização desse público, proporcionando a reflexão da sociedade sobre a importância de cuidar bem da pessoa idosa.

As atividades acontecem de 22 a 24 de outubro de 2019, nos turnos matutino e vespertino: os alunos poderão participar de eventos relacionados à saúde, família, lazer, cultura, recreação, ginástica, atendimento psicossocial etc. A programação inclui oficinas de artesanato, festival de talentos, brincadeiras de roda, aulões de dança e hidroginástica.

Em parceria com um laboratório de diagnóstico de exames  os alunos poderão fazer teste glicêmico, aferição de pressão, bioimpedância, orientações sobre autoexame de mama. 

Os idosos também poderão participar de visitas guiadas ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, para conferir exposições de arte e rodas de conversa sobre violência doméstica, perigos das redes sociais para pessoas idosas, entre outros temas.

O encerramento da semana será celebrado com uma grande festa: o Baile da Feliz Idade, na sexta-feira (25), no Centro Olímpico e Paralímpico de Samambaia. Haverá um show com o trio de forró da sanfoneira Dona Gracinha, conhecida pelas apresentações na Torre de TV.

Com informações da Agência Brasília.


Você pode gostar
Publicidade