fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

HRT fará 40 cirurgias de reconstrução mamária durante mutirão

Força-tarefa atuará durante cinco dias, contará com voluntários e terá cuidados redobrados contra o coronavírus

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Em mais uma atividade do Outubro Rosa, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) irá realizar entre os dias 26 e 30 deste mês cerca de 40 cirurgias de reconstrução mamária, mastectomia com retirada total e reconstrução imediata dos seios e tatuagem de aréolas das mamas. Promovido todos os anos durante o período da campanha Outubro Rosa, a ação chega à quinta edição e conta com equipes de profissionais de saúde voluntários que vão atuar no Centro Cirúrgico, na enfermaria e no Centro de Material e Esterilização para atender as pacientes.

Por causa da pandemia, o número de cirurgias teve que ser reduzido. No ano passado, foram feitos 72 procedimentos. Mas neste ano o mutirão oferecerá um novo serviço justamente para dar maior tranquilidade e segurança às pacientes: o exame RT-PCR, que detecta a contaminação por coronavírus.

O hospital também vai redobrar os cuidados com o uso de Equipamentos de Proteção Individual, além de reforçar os serviços de limpeza, higienização e desinfecção em todas as áreas da unidade. “Queremos atender essas mulheres com total segurança, encerrando aqui, no HRT, um ciclo contra o câncer”, ressaltou Mônica Dias, supervisora do Centro Cirúrgico e uma das organizadoras do mutirão.

Homenagem

Neste ano, a organização do Outubro Rosa no HRT vai prestar homenagem póstuma à servidora Edna Flor, que durante anos cuidou da enfermaria de ginecologia. A homenagem acontecerá no primeiro dia do mutirão (26), quando a enfermaria será batizada com o nome da Edna Flor. A servidora faleceu em 11 de julho deste ano em um acidente de trânsito. Ela trabalhou na Secretaria de Saúde durante 25 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade