fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Há sete anos, TCDF frisou necessidade urgente de manutenção em viaduto

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um relatório do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), feito em 2011 e divulgado em 2012, já havia apontado a necessidade de manutenção urgente na estrutura do Viaduto da Galeria do Estados. Nada foi feito, e a estrutura foi ao chão por volta do meio-dia desta terça-feira (6). O documento ainda apontava a necessidade de manutenção urgente em outras construções, como a Ponte do Bragueto, o viaduto sobre a via S2 e o viaduto do Eixo L.

Outro relatório, este feito pelo Sindicato de Engenharia e Arquitetura (Sinaenco), em 2011, alertou que 9 de 11 viadutos e pontes do DF precisam de reparos e obras de manutenção. Na época, o sindicatou elegeu o Viaduto da Galeria dos Estados como um dos que estavam em piores condições. Além dele, a Ponte do Bragueto e a Ponte das Garças também foram elencadas.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) foi até o local logo após o desabamento. Ele admitiu que o viaduto que desabou não havia passado por manutenção. “Felizmente não houve vítima, isso é o mais importante. São viadutos antigos. Desde o inicio do nosso governo fizemos manutenção em oito viadutos, seis tiveram reforço da estrutura, infelizmente esse não recebeu manutenção. Brasília é uma cidade que está envelhecendo”, alegou.

No local funciona uma churrascaria. Ao menos quatro carros ficaram presos sob o viaduto, dois deles totalmente destruídos. Oito viaturas do Corpo de Bombeiros estão no local. De acordo com a Defesa Civil, outras partes do viaduto estão comprometidas. Sob o via que caiu, há grande fluxo de carros, que passam pela viaduto para acessar o Setor Comercial Sul e o Setor Bancário Sul.


Leia também
Publicidade