fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Grupo do DF usava bitcoin para roubar senhas e dados bancários

Suspeitos impulsionavam páginas falsas de campanha de cliques no Google para ter acesso aos dados das vítimas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Justiça do Distrito Federal mira uma quadrilha que usava bitcoins para operar um esquema de phishing (técnica utilizada para roubar senhas e dados bancários). O grupo roubava credenciais de clientes de bancos com páginas falsas que mostravam campanhas de cliques no Google.

Segundo os autos, o responsável pelo esquema usava criptoativos comprados na empresa brasileira Foxbit para pagar pelos cliques falsos. Depois, o grupo aproveitava para usar cartões em nome de terceiros, entre outras atividades fraudulentas.

Ao todo, quatro pessoas responderão criminalmente pelos atos.

A FoxBit posicionou-se sobre o tema em nota ao portal CriptoFácil. Leia na íntegra:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A Foxbit é referência no mercado de criptoativos no Brasil e repudia o seu uso para finalidades ilícitas, já que possui estrita Política de Compliance e parceiros nacionais e internacionais que auxiliam no combate de infrações penais.  No caso mencionado, a conta mantida por um dos indivíduos já se encontrava bloqueada, sendo tão somente constatadas operações em valores irrisórios. Neste sentido, a Foxbit segue sempre auxiliando e atuando em cooperação com todas as autoridades brasileiras.”




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade