Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Governos do DF e do GO devem firmar parceria na área da segurança

Governadores do DF, Ibaneis Rocha (MDB), e do GO, Ronaldo Caiado (DEM),estudam uma integração entre as polícias Militar e Civil dos dois Estados

Publicado

em

Lucas Valença
[email protected]

 

Parceria segura
Uma união entre os governadores do DF, Ibaneis Rocha (MDB), e do GO, Ronaldo Caiado (DEM), vem sendo estudado para fornecer uma integração entre as polícias Militar e Civil dos dois Estados. Hoje, caso a PM siga em uma perseguição policial para fora do território do DF, terá de parar na fronteira. Segundo um integrante do alto escalão do governo, o convênio será em prol da sociedade. “Não se resolve o problema de Brasilia sem resolver problemas com o entorno”, ponderou.

 

“Mais Brasil e Mais Brasília”

A Secretaria de Turismo trabalha a forma e o modelo da publicidade que será aplicada pelo governo de agora em diante. Com o foco em desenvolver o turismo local, o GDF começa a preparar uma certa mudança na cultura social de que Brasília é apenas a capital da política. Entre as formas de publicidade, a escolha das redes sociais ganhou força. Outros estados também devem ser alvo de propagandas intensas. O lema será “Mais Brasil e Mais Brasília”.

Realidade turística
O foco no turismo agitou a cidade ontem com dois eventos. Autoridades públicas e privadas se reuniram e analisaram soluções para o setor. O primeiro Investe Turismo levou cerca de 300 pessoas ao Clube do Choro. À noite, aconteceu o lançamento da campanha “Um amor que só aumenta”, em comemoração aos 60 anos da capital. Ambos contaram com pessoas ligadas ao desenvolvimento econômico e social da cidade. A ideia de alavancar o setor de turismo para 2020 começa a criar forma.

 

Perfil…
O Sebrae Nacional está concluindo uma pesquisa sobre as Micro Empresas Individuais (MEI) que deve quebrar muitos tabus e verdades pré-estabelecidas sobre o perfil do empreendedorismo brasileiro. O diagnóstico se dá em âmbito nacional, mas o estudo conterá um relatório extenso sobre o DF. O conteúdo deve ajudar a entidade empresarial e os governos locais a traçarem o perfil dos micro empreendedores de cada localidade.

…empreendedor
A criação desse ‘mapa’ também deve contribuir com as políticas que começam a ser desenvolvidas e promovidas pelo Ministério da Economia. O objetivo do órgão federal será “evoluir o MEI”, ou seja, aperfeiçoar a dinâmica das micro e pequenas empresas no país. Toda a pesquisa já está adiantada, mas os últimos retoques ainda precisam ser concluídos.

 

Efeitos no comércio I
A liberação de recursos do FGTS e do PIS/Pasep deve causar um impacto de pelo menos R$ 7,4 bilhões no comércio varejista brasileiro de agosto a dezembro deste ano. No DF, 790 mil pessoas possuem dívidas e deverão quitá-las saindo da negativação e voltando ao mercado como consumidores. A expectativa é alta e muitas lojas já começam a reforçar o estoque considerando os R$ 380 milhões a serem liberados no DF daqui até o fim de 2020.

Efeitos no comércio II
Estudo produzido pelo Sindivarejista demonstra que, dos inadimplentes que receberão dinheiro, 67% devem usá-lo para quitar carnês de lojas, cartões de crédito, mensalidade escolar, condomínio, plano de saúde e prestação do carro. O restante devem priorizar o consumo e/ou viagens.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

    Charge do dia
Publicidade