fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

GDF presta contas à população

Nesta quinta-feira (4) o governo do Distrito Federal fez um balanço das atividades que têm realizado ou realizou no primeiro semestre deste ano

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Paula Beatriz
[email protected]

Nesta quinta-feira (4) o governo do Distrito Federal fez um balanço das atividades que têm realizado ou realizou no primeiro semestre deste ano. 

Saúde

Na área da saúde a cirurgia, inédita no DF, de separação das gêmeas siamesas Mel e Liz foi a que mais impactou a população. Com mais de 50 profissionais a cirurgia foi um sucesso. Além da separação das gêmeas outras cirurgias inéditas foram realizadas como: cirurgia de extrofia de bexiga, cirurgia de diabetes. 

O combate à dengue também fez parte desse balanço. O DF contou com ajuda de dez tendas da força-tarefa para hidratação de pacientes, instaladas nos locais com maior incidência de casos de dengue. Três delas foram desativadas anteriormente, no Varjão, Estrutural e São Sebastião. As últimas funcionaram no Guará, Itapoã, Planaltina, Sobradinho II, Samambaia, Ceilândia e Brazlândia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Educação

Em seis meses, 161 escolas foram reformadas e outras quatro devem ser entregues à população no próximo semestre. A merenda escolar deixou os sucos artificiais de lado e nos cardápios foi acrescentado mais carne, frutas e hortaliças, menos biscoitos.

Quatro escolas experimentam o novo modelo educacional: o Centro Educacional nº3 de Sobradinho; o Centro Educacional nº1 da Estrutural; o Centro Educacional nº7 de Ceilândia e o Centro Educacional nº 308 do Recanto das Emas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Juntas, atendem mais de 7 mil estudantes. As unidades contam com o auxílio de 20 a 25 policiais militares para auxiliar em atividades extraclasse, voltadas à disciplina e educação cívica. 

O GDF também deu um grande passo para implementação de escolas interculturais bilíngues. Trata-se de uma ação em parceria com embaixadas para oferecer mais uma opção de língua estrangeira, além do inglês, em escolas públicas de ensino médio

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Obras

Vicente Pires, depois de 12 anos de espera, recebe a maior intervenção de sua história com a criação de dezenas de quilômetros de galerias pluviais, meio-fios, calçadas e pavimentação asfáltica

O SOS DF também beneficiou 31 regiões administrativas. E enfim, o viaduto do Eixão foi devolvido à população. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

Com informações da Agência Brasília. 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade