fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

GDF libera eventos corporativos e esportivos, PECs, futebol amador, dentre outros. Confira

Decreto foi publicado na manhã desta terça (22). Eventos corporativos terão de seguir cronograma de reabertura

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

O Governo do Distrito Federal (GDF) flexibilizou diversas atividades na capital. Um decreto publicado nesta terça (22) permite a realização de eventos corporativos e esportivos.

Com a medida, congressos, convenções, seminários, simpósios, feiras e palestras podem ser realizados. No entanto, há um cronograma a ser seguido:

  • Eventos com público de até 100 pessoas ficam autorizados a partir de 6 de outubro;
  • Eventos com público de até 300 pessoas ficam autorizados a partir de 27 de outubro;
  • Eventos com público de até 500 pessoas ficam autorizados a partir de 17 de novembro;
  • Eventos com público de até 1 mil pessoas ficam autorizados a partir de 8 de dezembro;
  • Eventos com público acima de 1 mil pessoas ficam autorizados a partir de 5 de janeiro.

Também será preciso tomar medidas de prevenção ao novo coronavírus, como manter distanciamento entre participantes, separar mesa com limite de seis pessoas, vender ingressos online, organizar filas de entrada e saída, dentre outras.

Visitações a museus também foram liberadas. Também ficam autorizados o uso de piscinas em clubes, o uso de provadores em lojas e a utilização de parques de diversão e de jogos eletrônicos, bem como brinquedotecas e áreas de recreação;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eventos esportivos

Suspenso desde março, o futebol amador também está autorizado a retornar. Com isso, o futebol feminino e os torneios de base da capital, que têm status de amadores, poderão ocorrer em 2020.

Além do futebol amador, estão autorizadas atividades esportivas em piscinas e saunas. Os pontos de encontro comunitários (PECs) bem como brinquedotecas e parques de diversão e de jogos eletrônicos também serão abertos à população.

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade