fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

GDF amplia horário de funcionamento de shoppings e decreta atividades religiosas como essenciais

Shoppings ganham mais duas horas para funcionar; igrejas, templos e demais locais religiosos poderão abrir mesmo em situações de calamidade pública, de emergência, de epidemia ou de pandemia

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Pedro Marra/Jornal de Brasília
PUBLICIDADE

Em decreto publicado nesta terça-feira (14), o Governo do Distrito Federal (GDF) ampliou o horário de funcionamento de shoppings centers e centros comerciais da capital. Agora, os estabelecimentos ganham mais duas horas diárias.

Abertos desde o dia 28 de maio, os shoppings poderão funcionar de 11h às 21h. Antes, o horário de funcionamento era das 13h às 21h,

As medidas de segurança, como aferição de temperatura, distribuição de álcool em gel, uso de máscara, interdição das praças de alimentação e de provadores em lojas, seguem mantidas.

Atividades religiosas essenciais

O decreto desta terça (14) também tem mudanças em relação às atividades religiosas no DF. Agora, elas são classificadas como serviço essencial. Desta forma, a realização de cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião fica liberada mesmo em situações de calamidade pública, de emergência, de epidemia ou de pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assim como nos shoppings, igrejas, templos e demais locais religiosos terão de exercer medidas de prevenção à covid-19, como distanciamento de bancos e cadeiras, aferição de temperatura, disponibilização de álcool gel e afixação de placas com informações sobre a capacidade total de cada unidade.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade