Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Fim da agonia: PET Scan será instalado no Hospital de Base

O equipamento é um dos mais modernos e serve para diagnosticar e fazer o acompanhamento de doenças como cânceres e tumores

Da Redação
[email protected]

Nesta quarta-feira (22), foi assinado um acordo para colocar finalmente em funcionamento o equipamento PET Scan, que está há seis anos parado nos corredores do Hospital de Base. O documento foi assinado entre o presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Francisco Araújo, o diretor comercial, Saulo Àreas, e representantes da empresa que vendeu o equipamento, no estande da Feira Internacional de Tecnologia, Insumos e Componentes para Fabricação de Produtos Médico-hospitalares, em São Paulo.

O equipamento é o único existente no DF e é considerado um dos mais modernos para diagnosticar e acompanhar diversas doenças com precisão, como cânceres e tumores. Ele pode realizar entre 12 a 15 exames por dia. Atualmente, na rede pública de saúde, o exame equivalente disponível é a tomografia, que é menos precisa.

Com o custo de US$1 milhão, o PET Scan é fruto de uma compra irresponsável realizada pela gestão de 2013, que adquiriu o equipamento sem ter uma sala adequada para que ele funcionasse. Após a celebração do acordo entre as partes, estima-se que o prazo para que o aparelho entre em funcionamento seja até o final do ano.

“Uma mancha vergonhosa que hoje apagamos da história da saúde do DF”, declarou Francisco Araújo. “Estamos cumprindo uma determinação do Governador Ibaneis Rocha”, concluiu o diretor-presidente, que estava acompanhado pelo diretor de Apoio Operacional do Iges-DF, Manoel Pafiadache.

A instalação do equipamento será feita sem custo para o governo, ficando a cargo da empresa que vendeu o PET Scan. O acordo só foi possível devido o aval do Ministério Público.  

Você pode gostar
Publicidade