fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Família pede ajuda para comprar leite para alimentar menino de 7 anos

O menino tem cardiopatia congênita e paralisia cerebral e o leite é o único alimento da criança. Os pais estão desempregados e não têm dinheiro para comprar as latas

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Uma família da Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal, pede ajuda para comprar um leite especial para o filho, Miguel Carvalho Oliveira, de 4 anos. O menino tem cardiopatia congênita e paralisia cerebral e o leite é o único alimento da criança e os pais estão desempregados, portanto, não têm dinheiro para comprar as latas.

Cada unidade do leite Peptamen Júnior custa R$ 200 uma lata dura três dias, pois Miguel se alimenta de três em três horas. A família criou, então, uma Vakinha para arrecadar dinheiro para cobrir as despesas com alimentação do menino.

Segundo a mãe, a dona de casa Edilene Ribeiro de Oliveira, Miguel não anda mas já consegue falar algumas palavras. No mês de maio, o menino foi internado no Hospital da Criança de Brasília, pesando 7 kg. Por causa do baixo peso, os médicos optaram por alimentá-lo por meio de sonda nasal e, com o uso da fórmula, ele ganhou três quilo em três meses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A família mora no Jardim das Oliveiras e, além de Miguel, o casal já tem uma filha de 7 anos e Edilene está grávida de oito meses. Paulo Batista de Carvalho, o pai, está desempregado desde a última internação de Miguel e a família está vivendo do auxílio-doença do menino.

Diagnosticado com cardiopatia congênita, ele teve que ser submetido a uma cirurgia aos 15 dias de vida. Na ocasião, ele sofreu duas paradas cardíacas, sendo que, na segunda, ficou 30 minutos paralisado, o que gerou a paralisia cerebral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade