fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Família de Marinésio se muda de casa onde moravam há 15 anos

Mulher e filha decidiram se mudar após receberem diversas ameaças de morte. PMDF fez escolta durante retirada dos móveis

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

A família de Marinésio dos Santos Olinto, assassino confesso de Letícia Sousa Curado Melo e Genir Pereira de Sousa, e suspeito de outros crimes contra várias mulheres, decidiu se mudar do Vale do Amanhecer, em Planaltina, região onde mora há 15 anos. A esposa e a filha do serial killer têm recebido constantes ameaças após a última segunda-feira (26), quando Marinésio confessou ter matado Letícia e Genir.

As mulheres saíram do local na última quarta-feira (28). Hoje, fontes ligadas à Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informaram que a corporação fez a escolta durante a retirada dos móveis da família. Um caminhão de mudanças chegou à casa delas por volta de 10h.

A PMDF teria sido acionada por líderes comunitários, que afirmam que a família de Marinésio está em choque e não podia mais ficar ali. Não se sabe para onde as duas se mudaram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade