fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Falso juiz lucrava com golpes relacionados à compra de armas

Suspeito fazia falsas vendas de armas e dizia aos compradores que ajudaria a registrá-las. Ele pagou fiança de R$ 2 mil e foi liberado

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Divulgação/PCDF
PUBLICIDADE

A Polícia Civil (PCDF) prendeu em flagrante um homem de 46 anos que se passava por juiz federal para aplicar golpes relacionados à compra de armas de fogo. A prisão ocorreu na tarde de quinta-feira (22), após o suspeito gravar um vídeo tentando se defender das acusações de estelionato feitas contra ele.

O falso juiz, que não teve identidade revelada, dizia às vítimas que facilitaria a compra e o registro das armas. Falava também que tinha bom relacionamento dentro do Exército Brasileiro. O suspeito chegava a emitir notas fiscais das vendas, mas elas não correspondiam às transações. As armas, no fim das contas, nunca foram entregues a nenhum comprador.

Em depoimento, o suspeito apresentou uma identidade falsa e estava com uma camiseta que continha o brasão do Exército, mas sem autorização para usá-la.

A 14ª Delegacia de Polícia (Gama) cuida do caso. O homem pagou fiança de R$ 2 mil e foi liberado. Contudo, foi indiciado ao Ministério Público (MPDFT) e vai responder pelo crime de falsificação ideológica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade