fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Esporte e lazer de cara nova no Itapuã

Mais de 200 demandas da cidade foram levantadas pela Administração Regional. O inicio das ações foi a reforma das quadras poliesportivas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Maria Betânia de Oliveira desistiu de usar a quadra poliesportiva na esquina de casa, no Itapoã. Responsável por um projeto social, ela conta que as más condições do espaço na quadra 378 afastaram a equipe dali: alambrado quebrado, piso irregular e pintura desgastada. Mas isso vai mudar. Começou nesta quarta-feira (5) uma série de melhorias promovidas pelo Cidade Sempre Viva, novo programa de zeladoria do GDF.

O Itapoã é a primeira região administrativa a receber os serviços continuados coordenados pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) com integração dos órgãos prestadores de serviço – Departamento de Trânsito (Detran-DF), Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Companhia Energética de Brasília (CEB), Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb).

Mais de 200 demandas da cidade foram levantadas pela Administração Regional do Itapoã. O pontapé inicial das ações foi o início da reforma da primeira das oito quadras poliesportivas da cidade. Além do espaço para esportes, também serão cuidados o parque infantil, com troca da areia, o espaço de convivência e a horta comunitária que ficam no mesmo terreno da quadra 378.

Ao todo, 30 meninas fazem aulas de futsal no projeto social encabeçado por Maria Betânia, auxiliar de cozinha de 39 anos, do início desta reportagem. “Aqui na vizinhança, é o único lugar que temos para lazer e prática de esportes, então é essencial. A quadra é essencial, mas está totalmente destruída ”, relata.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pelas más condições, um grupo se reuniu para tentar arcar com uma reforma. “Acompanhamos o início das ações do governo nesta quarta. Recolheram as traves para melhorias, retiraram o alambrado estragado. Estamos muito felizes porque será ótimo para todos. A gente precisa de lazer, esporte, saúde física e mental. É qualidade de vida”, valoriza.

Manutenção pelas cidades

De acordo com o administrador regional do Itapoã, Marcus Cotrim, entre as obras de zeladoria levantadas para a cidade estão a limpeza preventiva das bocas de lobo, as trocas das tampas dos bueiros e a pintura do muro que dá nome à Rua do Murão. “São ações importantes que a comunidade vai ver na porta de casa e vinculadas a pedidos que chegam pela Ouvidoria”, afirma Marcus.

Além disso, a administração também trabalha na melhoria de um estacionamento de terra na DF-250. Na terraplanagem do terreno, foi utilizada a brita produzida com os restos de entulhos na Unidade de Recebimento de Entulhos (URE) do SLU. “Não fossem os projetos do governo, não conseguiríamos trazer ações de Estado para as regiões administrativas. Por isso, são muito importantes”, afirma Marcus Cotrim.

Diretor de Administração da Novacap, Elzo Bertoldo Gomes explica que o objetivo do Cidade Sempre Viva é criar um planejamento anual de manutenção em todas as regiões administrativas. “Os gestores vão elencar as necessidades e passar para nós, que coordenaremos junto aos órgãos responsáveis por cada serviço”, diz. Na prática, o GDF Presente será parte integrante do novo projeto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais três entregas

Além das melhorias promovidas pelo Cidade Sempre Viva no Itapoã, a comunidade terá três outras entregas: um terminal rodoviário, que está em fase de processo licitatório pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), a Feira Permanente, que está em elaboração pela administração regional e, ainda, há previsão de uma unidade básica de saúde (UBS).

As três construções serão erguidas na recém-inaugurada saída para a DF-440, que leva até o Fórum do Itapoã. “Entregamos o local lindo, com nova iluminação e plantio de grama. Deu vida para o espaço, que estava abandonado. Essas entregas serão boas para a população desse ponto mais carente da cidade”, destaca o administrador regional.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade