Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Engenheiros certificados! Eles vão prevenir acidentes em pontes e viadutos no DF

Todos os 30 profissionais capacitados em vistoria vão iniciar os serviços neste mês

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Nesta sexta (16), trinta engenheiros de 12 órgãos do Governo do Distrito Federal concluíram o Curso de Inspeção e Manutenção de Pontes e Viadutos, promovido pela Secretaria de Obras em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Os profissionais foram certificados e estão aptos para identificar e realizar vistorias visuais de obras de artes especiais do DF.

“Esse curso vai me ajudar em algo que não tinha tanta experiência. Foi uma oportunidade e, agora, vou querer me especializar para aprender mais ainda. Vai ajudar no meu currículo e no serviço oferecido à população”, afirma Tânia Cazuca, engenheira da Região Administrativa do Riacho Fundo I.

Na próxima semana, outros 30 engenheiros serão capacitados. O objetivo do GDF é promover a cultura da prevenção de acidentes na cidade e acelerar a inspeção das mais de 700 pontes e viadutos do DF.

“É um trabalho de reação ao que aconteceu em fevereiro de 2018 e que se iniciou nesta gestão. Estamos correndo contra o tempo e montamos uma estratégia para Brasília nunca mais passar por um acidente similar ao do Eixão. Estes profissionais estão localizados em regiões administrativas e, agora, com o serviço deles, será possível acelerar o processo de inspeção. Os casos considerados mais graves serão mapeados e as providências tomadas com mais urgência, antevendo o problema”, explicou o secretário de obras do GDF, Izidio Santos Junior, durante a cerimônia de certificação.

Os engenheiros capacitados farão as vistorias em parceria com alunos e professores de faculdades do Distrito Federal. “A sociedade civil está ciente da importância de se disseminar a cultura da prevenção e se posicionaram como parceiros do governo. Além dos alunos, o Crea-DF [Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal] e o Codese [Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico] irão participar da ação”, afirmou o engenheiro e assessor especial da Secretaria de Obras, Maurício Canovas.

Trabalho de campo

Durante o curso, entre as atividades desenvolvidas, os alunos foram orientados quanto ao preenchimento correto das fichas de vistoria, com explicações técnicas e conceituais, além de realizarem na prática uma vistoria na Ponte do Córrego Bananal, próxima à Granja do Torto.

“Capacitamos os alunos quanto ao levantamento de manifestações patológicas, fizemos cadastramento inicial de defeitos e a discussão de manutenção em pontes. Assim, com os alunos capacitados, esperamos aumentar a segurança viária nas obras de artes especiais. O relatório inicial realizado por eles irá embasar a tomada de decisões e a realização de outros relatórios de inspeções por uma equipe mais especializada”, explicou o engenheiro do DER e professor do curso Mozer Teixeira.

Com informações da Agência Brasília.


Você pode gostar
Publicidade