fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Embaixada da Venezuela no Brasil é invadida

Segundo informações preliminares, invasores são venezuelanos apoiadores do presidente Juan Guaidó

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Divulgação/CBMDF
PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

A Embaixada da Venezuela foi invadida na manhã desta quarta-feira (13). Segundo informações preliminares, venezuelanos apoiadores do presidente Juan Guaidó adentraram a sede.

Os homens reivindicam a admissão da embaixadora proclamada por Guaidó, a advogada María Teresa Belandria Expósito. Eles chegaram ainda de madrugada e tentaram tirar funcionários do local. Em resposta, um grupo de 30 pessoas em apoio ao atual corpo diplomático se reuniu na porta da embaixada para tentar impedir os invasores.

Já pela manhã, o grupo de apoio conseguiu derrubar parte do portão e entrar na sede. A Polícia Militar (PMDF) utilizou spray de pimenta para tentar impedi-los, embora eles não possam atuar na ocorrência por, tecnicamente, se tratar de uma área internacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a equipe de Guaidó, funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local de Tomas Silva, ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil. A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no País. Segundo comunicado dela, um grupo de funcionários decidiu abrir as portas e entregar as chaves da embaixada voluntariamente, bem como reconhecer Guaidó como legítimo presidente.

A invasão aconteceu horas antes do início das atividades da 11ª Cúpula do BRICS, que reúne os líderes de Rússia, India, China e África do Sul, países que apoiam a permanência de Nicolás Maduro no poder.

Com agências


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade