fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Em Taguatinga, menino de 4 anos morre após ser picado por escorpião

Garoto morreu dois dias após a picada. Moradores da QNF reclamam da quantidade de escorpiões na região

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
[email protected]

Um menino de quatro anos foi picado por um escorpião na madrugada de quinta-feira (27), enquanto dormia em casa, na QNF 20 de Taguatinga. Ele foi internado e medicado no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas faleceu dois dias depois.

Após ser picado, ele acordou chorando e foi logo levado ao hospital pelo pai, que matou o escorpião antes. A mãe do garoto, desolada, falou da infestação do animal peçonhento na região. “Não é por falta de limpeza, na QNF inteira tem escorpião”, disse à TV Globo.

Moradores da quadra reclamam da quantidade de escorpiões na região. No primeiro trimestre de 2019, 344 pessoas foram picadas no DF. Os mais perigosos são o amarelo, o marrom e o preto. Em caso de picada, a vítima deve lavar a área com água e sabão, manter o local voltado para cima, não furar ou apertar e beber bastante água. Após isso, deve-se procurar o pronto-socorro mais próximo.

Os escorpiões gostam de locais com pedras, entulhos, lenhas, restos de materiais de construção, encanamentos, entre outros. Se escondem, também, dentro de calçados e roupas. É importante manter o lar e os arredores limpos e arejados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade