Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Coaching do Amor ajuda casais e solteiros a encontrar o caminho do sucesso na vida amorosa

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Altieres Losan
Especial para o Jornal de Brasília

Ter um amor para a vida inteira. Esse é o desejo de muitas pessoas e que se intensifica com a proximidade do Dia dos Namorados. Mas, para isso, antes é preciso amar a si mesmo. É o que explica Ieda Rizzo, psicóloga clínica especializada em relacionamentos afetivos, que diz ter a solução para o problema: o Coaching do Amor.

“Todos nós queremos ser amados, queremos ser felizes nos relacionamentos, mas, muitas vezes, a gente se sente incapaz disso”, afirma a psicóloga. O evento foi criado para ajudar essas pessoas. Ele chegará à 14ª edição neste fim de semana e já reuniu, em três anos, mais de 400 participantes. É indicado tanto para casais quanto para solteiros.

Diferentemente do que parece à primeira vista, Ieda garante que o trabalho em nada tem a ver com Hitch – Conselheiro Amoroso, personagem vivido por Will Smith nos cinemas: “O termo coaching significa treinador, então o objetivo é treinarmos o amor”. Segundo ela, a proposta é “fazer um mergulho profundo na nossa história amorosa e entender o nosso funcionamento, a nossa psicodinâmica”.

O treinamento ocorrerá em forma de retiro de 10 a 12 de junho na Pousada do Oskar, em Alto Paraíso (GO). O lugar, segundo Ieda, é escolhido pela “natureza extremamente acolhedora, que te faz uma introspecção e permite ir por esse caminho do contato e da energia amorosa”. São 20 vagas por conta da limitação de acomodações.

Os casais podem fazer as vivências juntos ou separados. “Muitas vezes, alguns estão em conflito, então se sentem mais à vontade de falar quando seus pares não estão por perto”, contou a psicóloga. “Mas, em algum momento, eles vão ter que se olhar e se falar”, continuou.

Práticas para a mente e o corpo

Ieda não trabalha sozinha no Coaching do Amor. Junto com ela está Vitor Resende, que é terapeuta tântrico e vibracional do Centro Metamorfose. Enquanto ela cuida da mente dos presentes, Vitor cuida do corpo. “Na minha parte, as práticas abordam meditações ativas, exercícios de respiração”, explicou o terapeuta. Os dois se conheceram há um ano e vão para a segunda edição do evento juntos.

Vitor revelou que cuidar do corpo é tão importante quanto da mente, seja para o amor próprio ou para um relacionamento. Para ele, as pessoas carregam muitas cobranças de como devem ser e esquecem de se aceitarem como são: “Só a partir dessa conscientização de se encarar e aceitar o que vê é que a pessoa vai conseguir se conectar com seu amor próprio e, aí sim, poder amar de forma plena e irrestrita”.

Lauana Brandão, professora de 34 anos, já perdeu as contas de quantas vezes participou. “A primeira vez eu fui para descobrir o que era, conhecer a vivência e as técnicas. As outras foram por busca de ajuda para problemas de família ou trabalho”. Ela recomenda o curso a pessoas de todas as idades. “Acho que precisa apenas que queiram se abrir para o amor próprio”.

Saiba mais

O Coaching do Amor acontece quatro vezes ao ano, nos meses de fevereiro, junho, setembro e dezembro. Valor é de R$ 650 do curso acrescidos de R$ 330 da hospedagem, que inclui café da manhã, almoço e jantar vegetarianos.

Para quem quiser se inscrever ou saber mais, basta procurar a psicóloga pelo telefone (61) 98201-6263 ou pelo e-mail ieda.rizzo01@gmail.com.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade