fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

DF Livre de Carcaças realiza operação no Setor de Oficinas Sul

A iniciativa, que conta com parceria de vários órgãos do GDF, tem como um dos focos o combate à proliferação da dengue

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), a operação DF Livre de Carcaças marcou presença em mais uma edição – desta vez, o Setor de Oficinas Sul (SOF Sul), onde as equipes retiraram das ruas, nesta segunda-feira (14), oito veículos abandonados. A ação segue as diretrizes do GDF para coibir a proliferação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de dengue, zika e chikungunya.

“Estamos limpando a cidade e, ao mesmo tempo, protegendo a saúde da população”, explica a secretária executiva de Políticas Públicas do GDF, Meire Mota. “As carcaças são focos de dengue e outras arboviroses e também representam ameaças à segurança das pessoas.”

A operação é resultado da parceria entre as secretarias das Cidades e de Políticas Públicas, DF Legal, Departamento de Trânsito (Detran), Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), divisão da Secretaria de Saúde (SES).

Ação educativa

Faz parte dessa ação um trabalho de conscientização com moradores e donos de estabelecimentos. “Retiramos todas os veículos abandonados do setor e ainda explicamos a importância de retirar esses materiais das ruas aos comerciantes locais”, conta o coordenador dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs) na SSP, Marcelo Batista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A identificação dos veículos abandonados é feita com apoio dos Consegs e administrações regionais. A população também pode contribuir com a identificação dos veículos abandonados nas regiões. Basta enviar um e-mail para [email protected]

O material recolhido é levado para o depósito do 3º Distrito Rodoviário, do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) – próximo a Samambaia –, onde os agentes de Vigilância Ambiental aplicam soluções na água parada e fazem o controle vetorial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasilia




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade