fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Detran só poderá recolher CNH e CRLV quando houver suspeita de fraude

Segundo o órgão, o objetivo é dar “atendimento adequado e ágil” e “diminuir a burocracia” no atendimento ao cidadão, reduzindo “procedimentos inúteis”

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Tony Winston/Agência Brasília
PUBLICIDADE

Uma instrução normativa do Departamento de Trânsito (Detran-DF) determina que os agentes de trânsito do órgão só poderão recolher a carteira nacional de habilitação (CNH) e o certificado de registro e licenciamento de veículos (CRLV) quando houver suspeita de fraude. A medida foi publicada no Diário Oficial (DODF) desta terça-feira (11).

Segundo o Detran, o objetivo é dar “atendimento adequado e ágil” e “diminuir a burocracia” no atendimento ao cidadão, reduzindo “procedimentos inúteis”.

O agente de trânsito deverá recolher a CNH e/ou o CRLV quando o proprietário preencher o recibo constante no verso do auto de infração. O órgão que recolher os documentos ficarão responsáveis por guardá-los e, quando for o caso, devolvê-los ao dono.

Quando houver infração de trânsito com a necessidade de se recolher o veículo, o formulário de notificação deverá ser preenchido para que o proprietário apresente o veículo para vistoria. O CRLV nestes casos não deverá ser recolhido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A medida já é válida a partir desta terça (11).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade