fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Coronavírus: Lago Sul tem maior incidência

Apesar de fazer parte da região menos afetada pelo novo coronavírus, o DF lidera as estatísticas no Centro-Oeste

Olavo David Neto

Publicado

em

MASCARA CORONAVIRUS
PUBLICIDADE

O Distrito Federal chegou a 618 casos confirmados de covid-19 na tarde de ontem, conforme levantamento da Secretaria de Saúde (SES). O número representa um crescimento de 6,7% em relação ao sábado (11), quando o índice chegava a 579 pessoas infectadas. Não houve acréscimo de mortes na capital da República, que continua com 14 óbitos em decorrência da doença.

Dos casos confirmados, 363 (59%) são do sexo masculino, com média de idade de 42 anos, variando entre 0 a 99 anos, com maior proporção na faixa etária de 30 a 39 anos e maior incidência na faixa de 80 ou mais anos. Entre os casos confirmados, 56 (9%) estão hospitalizados, 33 destes em Unidade de Terapia Intensiva.

Dos casos notificados 576 (94%) são residentes do DF. Destes, considerando os casos
que possuem informação sobre a Região Administrativa (RA) de residência, o Plano Piloto tem o maior número e a maior incidência de casos confirmados (75,89 casos por 100 mil habitantes), sendo o Lago Sul a região que apresenta a maior incidência.

Apesar de fazer parte da região menos afetada pelo novo coronavírus, o DF lidera as estatísticas no Centro-Oeste. Dos 1.068 quadros atribuídos à infecção em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e na sede da República (4,8% em relação às estatísticas nacionais), cerca de 57% foram identificados em Brasília e no entorno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar disso, o estado goiano apresenta os mesmos 14 óbitos do DF, mas com proporção de mortes superior a 6% dos casos, enquanto no Planalto Central a porcentagem é de 2,3%.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade