fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Consórcio mantém otimismo para este ano

Construção do boulevard da Arena BSB deve ser realizada ainda em 2020

Catarina Lima

Publicado

em

PUBLICIDADE

Apesar do cancelamento de 30 eventos que seriam realizados no primeiro semestre de 2020, devido à pandemia do coronavírus, o consórcio Arena BSB, vencedor da licitação para administrar por 35 anos o complexo esportivo de Brasília, segue otimista e acredita que eventos importantes poderão ser promovidos na capital ainda neste ano. O diretor-presidente da Arena BSB, Richard Dubois, disse que apesar da frustração de receita com os cancelamentos, o consórcio cedeu ao Governo do Distrito Federal – sem custos – o espaço do Estádio Mané Garrincha para a implantação de um hospital de campanha com 200 leitos para atender pacientes da covid-19.

A entrega do complexo esportivo à Arena BSB aconteceu no início de fevereiro. Em pouco mais de um mês – 45 dias – foram realizados no Mané Garrincha três eventos e um clássico de futebol. Dubois, no entanto, é otimista tanto com relação à construção do boulevard – espaço comercial – quanto com relação aos eventos a serem realizados no segundo semestre. “Existem dois shows que viriam para o Brasil este ano e que não passariam por Brasília, mas devido a alguns cancelamentos conseguimos que os dois sejam realizados na cidade no segundo semestre”, previu Richard Dubois, dizendo que não pode adiantar de quem serão os shows, pois os acertos ainda não foram concluídos.

O diretor-presidente do Arena BSB também acredita que com a recessão, que deverá acontecer após a fase crítica da pandemia, a construção do Boulevard deverá acontecer como estava previsto. “Num ambiente de recessão os custos de construção podem até ser mais ‘baixos”. A previsão é que o espaço fique pronto em até dois anos.

Mas a pandemia do coronavírus provocará alguns atrasos na execução da obra. O GDF deveria aprovar até julho o projeto do boulevard, mas isso só acontecerá em agosto. No momento a equipe do governo local está empenhada no combate à doença que já contaminou 1.317 pessoas no DF, fazendo 28 vítimas fatais.

Hospital de campanha

O consórcio Arena BSB cedeu espaço do Mané Garrincha para a construção de um hospital de campanha com 200 leitos. De acordo com o diretor-presidente do consórcio, o hospital está sendo construído de forma a aproveitar a estrutura já existente, como sistema de ar condicionado, instalações de água e energia. Ele assegurou que será possível, inclusive, realizar eventos enquanto o hospital de campanha esteja em funcionamento. “Construir o hospital no gramado não é bom porque além de estragar o gramado, é preciso fazer toda a infraestrutura. Em Brasília o hospital está sendo montado a área interna do estádio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para não perder o ritmo de trabalhos, o consórcio Arena BSB tomou algumas providências. A equipe do escritório foi dividida em dois turnos, uma trabalha pela manhã e a outra a tarde. Também foram disponibilizados testes para todos os colaboradores. “Com a divisão da equipe em dois grupos evitamos deslocamentos no horário de almoço, a quantidade pessoas no escritório diminui e, com isso, o risco de contágio também”, explicou Richard Dubois.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade