fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Condomínio RK recebe licença ambiental para obras de drenagem

Oito mil habitantes serão beneficiados

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Instituto Brasília Ambiental concedeu uma licença ambiental simplificada para obras de drenagem do condomínio rural residencial Rancho Karina (RK), localizado na região dos lagos, em Sobradinho. Essa ação deve beneficiar cerca de oito mil habitantes. 

O superintendente de licenciamento do Instituto, Alisson Neves, disse “É a execução de uma etapa muito esperada pelos moradores”. 

A aprovação da licença ambiental simplificada significa conceder à comunidade e à região, de um modo geral, segurança no que se refere à estabilidade de solo e a um fluxo de drenagem que seja sustentável. Essa é uma providência, no conjunto de ações, que a Superintendência vem realizando para os parcelamentos.

Neves ressalta que depois de colocar fim na fila de processos de licenciamento de postos de combustíveis, a superintendência agora se volta para o parcelamento de solos, do qual a drenagem é uma das etapas mais importantes. A licença expedida para o condomínio RK é um dos primeiros resultados desse novo foco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O RK é um condomínio antigo, criado em 1992, porém com um déficit considerável de infraestrutura, em especial, para a questão da drenagem. “No parcelamento do solo se não há um sistema de drenagem, não tem como ter infraestrutura. O que acaba causando acidentes ambientais que colocam em risco, inclusive, a saúde das pessoas porque se abre espaço para erosões, alagamentos, desabamentos, uma série de consequências de grande perigo para a vida humana”, explica o superintendente.

Com vista panorâmica para a região serrana de Sobradinho, o condomínio RK abrange uma área de 18.188,85 hectares. Tem cerca de 2.080 lotes divididos em dois grandes conjuntos habitacionais, o Antares e o Centauro, além de 41 lotes comerciais.

Com informações da Agência Brasília 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade