fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Complexo de Reciclagem dá a trabalhadores a “oportunidade de empreender”, diz Ibaneis

GDF inaugurou, nesta quarta (2), o Complexo Integrado de Reciclagem do Distrito Federal (CIR-DF), tido como o maior do país

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Renato Alves/ Agência Brasília
PUBLICIDADE

Willian Matos e Catarina Lima
[email protected]

O Governo do Distrito Federal inaugurou, nesta quarta-feira (2), o Complexo Integrado de Reciclagem do Distrito Federal (CIR-DF). Estimado como o maior centro de reciclagem do país, a unidade tem capacidade para processar até 5 mil toneladas de resíduos por mês. Para o governador Ibaneis Rocha, o CIR-DF dá a trabalhadores a “oportunidade de empreender”.

“Aqui não tem a participação do governo daqui para frente. Serão os próprios catadores que se autodeterminam e que vão fazer a gestão desse local. É uma oportunidade, realmente, de empreender que eles têm. Isso nos deixa muito feliz, porque as pessoas têm que ter o poder de colocar nas suas mãos os seus destinos”, declarou Ibaneis, revelando que o GDF não será responsável pela gestão do complexo.

Embora tenha acabado de inaugurar o primeiro complexo, o GDF já pensa em outra unidade. “Vamos atrás de recursos”, disse Ibaneis. Presente na inauguração, a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) afirmou que espera construir pelo menos mais dois na capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Flávia foi uma das parlamentares que destinou emendas para a construção do complexo inaugurado nesta quarta (2). A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) também que auxiliou: ambas destinaram cerca de R$ 4 milhões e R$ 3 milhões, respectivamente.

Quanto à geração de empregos, 750 pessoas devem ser admitidas. “São quase 1 mil famílias que vão estar trabalhando aqui. Famílias que estavam desalojadas, que não estavam podendo trabalhar desde a desativação do Lixão da Estrutural”, comentou Ibaneis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre o complexo

Localizado na Cidade Estrutural, o complexo ocupa uma área de 80 mil m² e compreende duas centrais de triagem e reciclagem (CTRs) e uma Central de Comercialização (CC).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade