fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Comércio em Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol está liberado

Atividades econômicas nas regiões ficaram suspensas por oito dias

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília
PUBLICIDADE

Após oito dias de fechamento do comércio e de atividades não essenciais nas regiões administrativas de Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol, o governador Ibaneis Rocha permitiu a retomada das atividades econômicas.

O decreto foi publicado no Diário Oficial (DODF) desta sexta-feira (17), mas só passa a valer a partir de segunda-feira (20). Portanto, salões de beleza, academias, shoppings, bares e restaurantes devem continuar fechados no fim de semana.

A expectativa de reabertura foi antecipada por fontes ouvidas pelo Jornal de Brasília. Na última terça (14), um interlocutor da administração Regional do Sol Nascente havia dito que, nos próximos dias, surgiria “alguma novidade no sentido de reabrir as atividades na Ceilândia.”

Segundo o administrador do Sol Nascente, Goudim Carneiro, o entendimento no GDF é de que a população não tem mais condições de cumprir o isolamento social. “O povo daqui ganha dinheiro num dia para comer no outro”, afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais atingida

Ceilândia é a região do DF que mais sofre com o novo coronavírus. O último levantamento apontava que 188 moradores já haviam morrido vítimas da doença.

Somando Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol, já são 10.053 infectados pela covid-19. O DF inteiro tem 77.620 casos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade