fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Combate ao covid-19: Saúde recebe R$ 60,8 milhões de crédito suplementar

“Esse valor vem em boa hora, para garantirmos todo o atendimento necessário à população durante esse momento”, afirmou o secretário de Saúde, Francisco Araújo

Avatar

Publicado

em

Secretário de Saúde
Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF
PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal, com o objetivo de auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus, recebeu R$ 60.859.553 de crédito suplementar para atender a demanda crescente por serviços, dentre outras ações, como: 

  • Contratações de novos leitos de UTI na rede privada
  • Compra de insumos
  • Convocação de profissionais

“O Governo do Distrito Federal está ciente das medidas que a Secretaria de Saúde precisa adotar para enfrentar o coronavírus e, por isso, o governador Ibaneis Rocha decretou a abertura do crédito suplementar. Esse valor vem em boa hora, para garantirmos todo o atendimento necessário à população durante esse momento”, afirmou o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

De acordo com o diretor-executivo do Fundo de Saúde, Ronan Lima, a Secretaria de Economia direcionou recursos de excesso de arrecadação à Saúde para que a pasta pudesse cobrir as despesas necessárias enquanto fortalece os serviços da rede pública.

“Os custos com a saúde aumentaram muito, no Brasil e no mundo. Todos os insumos que compramos hoje subiram três, quatro vezes mais. Então, o atendimento ficou mais dispendioso. Como a Saúde tem gastado muito mais, a Economia disponibilizou esses valores para atender as demandas e cobrir os custos”, informou Ronan Lima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O decreto entra em vigor na data de sua publicação. Com isso, a Secretaria de Saúde pode utilizar, a partir de hoje, os R$ 60,8 milhões para enfrentamento da emergência da Covid-19.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade