Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ciência e Tecnologia é priorizado por GDF que incentiva Biotic

Tudo ainda está em fase de estudo, mas há uma possibilidade de enviar representantes de empresas para passar uma temporadan o Vale do Silício

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

Lucas Valença
lucas.valenca@grupojbr.com

Inovação

Com projetos para expansão, o Banco de Brasília (BrB) presidido por Paulo Henrique Costa (foto) já estreita relações com secretarias do Buriti para incentivar e financiar startups de tecnologia. A intenção será acelerar as incubadoras e criar um concurso para tentar selecionar as ideias mais inovadoras. Tudo ainda está em fase de estudo, mas há uma possibilidade de enviar representantes de empresas para passar uma temporada fora do país, para conhecer, em especial, o Vale do Silício.


…acelerada
Para não arriscar os recursos públicos que serão investidos, o secretário Everardo Gueiros, da secretaria de Assuntos Especiais, pretende vincular cada startup instalado no Biotic a um “monitor” para auxiliar a gestão efetiva das novas empresas. A monitoria seria dada por empresas de grande porte que estariam vinculados com relação ao tema. Por exemplo, alguma ideia empenhada sobre alimentos seria encaminhado a um monitor do setor.

 

Vitória garantida

Reta final dos trabalhos legislativos e os representantes do governo na CLDF conseguiram garantir vitórias ao Buriti. O líder, Cláudio Abrantes (PDT-foto), conseguiu costurar a aprovação de temas espinhosos. A mudança no sistema da licença-prêmio, extinguindo a pecúnia, era considerada uma “pauta bomba”, mas foi elogiada até pelos sindicatos presentes. A aprovação de um dos projetos do ICMS também foi festejada. Ao secretário de Articulação Política, Renato Andrade, o experiente petista, Chico Vigilante, oposicionista, foi todo elogios: “Esse bispo é um grande construtor”.


Vício permanente

A mania do secretário de Ciência e Tecnologia, Gilvan Máximo, de quebrar protocolos em eventos, parece ter virado rotina. Já é o segundo evento seguido que o gestor convida políticos para falar à frente do público. O primeiro foi durante a Campus Party, por onde passaram cerca de 120 mil pessoas. A de ontem, visou prestigiar os deputados Júlio César (federal) e Eduardo Pedrosa (distrital) que tem contribuído com o governo. Até o momento é visto com bons olhos, já que agrada pessoas importantes ao Buriti, mas a inveja e o ciúmes ainda circulam pelos corredores do palácio.


Emendas garantidas

O encaminhamento de R$ 38 milhões pelo deputado federal Júlio César (PRB) ao GDF não está endereçado às secretarias do governo. Os recursos das emendas serão organizados por André Clemente, representante da Fazenda, que deve endereçar as obras e projetos prioritários do Executivo local. Como os recursos são impositivos, o orçamento do DF deve receber os valores ainda este ano.


Praças da juventude

O início da construção da Praça da Juventude no Itapoã dá um pontapé à retomada das obras de espaço e lazer, esporte, cultura e educação na cidade. A estrutura é semelhante à que será entregue nos próximos dias em Ceilândia, como antecipou a coluna. No Itapoã, os projetos estavam previstos para serem inauguradas ainda nas Olimpíadas, em 2016, mas problemas com a empresa vencedora adiou a entrega. O secretário da Juventude, Léo Bijos, deve acompanhar o governador Ibaneis Rocha (MDB) em visita ao local hoje.

Pesquisa curiosa

Pesquisa feita pelo Sindivarejista mostrou que o consumo de hidratantes e óleos aumentaram de maio a junho deste ano. O crescimento de 4% nas vendas, tem melhorado a situação do comércio local em meio à atual crise econômica. A seca, tão mal julgada no Distrito Federal parece estar ajudando o setor econômico. A entidade se animou e acredita que, caso a seca persista, até agosto, a expansão da venda pode atingir um crescimento de 6.5%, maior do que os 5.4% apresentados em 2018.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade