fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Centro de Dança triplicou número de frequentadores em 2020

Eventos como o XXIX Seminário Internacional de Dança de Brasília e o Brasília Trends Fashion Week têm recebido bem mais pessoas

Avatar

Publicado

em

Foto: Ludimila Barbosa/Secec-DF
PUBLICIDADE

O Centro de Dança, ligado à Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), já tem três vezes mais frequentadores do que teve no ano passado. Desde agosto de 2019, o crescimento já era esperado.

O levantamento é da própria Secec. Segundo a pasta, o maior número se deve a um melhor contato com o público através das mídias sociais, como o Instagram.

A partir disso, os eventos como o XXIX Seminário Internacional de Dança de Brasília e o Brasília Trends Fashion Week têm recebido mais frequentadores.

Foto: Ludimila Barbosa/Secec-DF

 

O gerente Aghatto Augusto dos Santos lembra que o Centro mantém 14 modalidades e níveis de dança, com frequência média de 30 pessoas por turma. A maioria das aulas é paga, mas há práticas gratuitas também. A relação das modalidades pode ser consultada na página da Secec na internet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os professores que cobram pelas aulas assinam termo de compromisso com a Secec, pelo qual devem oferecer uma cota de gratuidade de 20% do números de alunos matriculados.

Fundado em 1993, o Centro de Dança é destinado a pesquisas, ensaios, oficinas, workshops e cursos da área de dança. Tem a função de contribuir com formação, pesquisa coreográfica, aprimoramento e difusão da arte em suas várias modalidades e linguagens.

Com informações da Agência Brasília


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade