Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Caso Noélia: polícia conclui inquérito e o envia à Justiça

Em posse do procedimento, o Ministério Público poderá oferecer a denúncia no prazo legal, já solicitando diligências complementares

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Menos de um mês após o crime, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 38ª Delegacia de Polícia (DP) de Vicente Pires, concluiu o inquérito responsável por investigar a morte de Noélia, desaparecida em 17 de outubro. 

Nessa quinta-feira (7) o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) converteu a prisão temporária de A.E.R. em prisão preventiva. Em posse do procedimento, o Ministério Público poderá oferecer a denúncia no prazo legal, já solicitando diligências complementares. 

Os laudos técnicos solicitados ao Instituto de Criminalística (referentes à perícia do local de crime, e de objetos encaminhados para constatação de material biológico) ainda não foram prontificados, e serão encaminhados pela 38ª DP diretamente à Justiça assim que disponibilizados. O juizo competente do caso é a Vara Criminal e o Tribunal do Júri de Águas Claras

 


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *