fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Bombeiros que caíram com o helicóptero são liberados pelos médicos

De acordo com as autoridades, os exames periciais preliminares foram realizados ainda no local do acidente. Em virtude do acidente, o CBMDF passa a operar com apenas uma aeronave no DF

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou na noite desta quinta-feira (30), que todos os integrantes da aeronave envolvida em acidente na manhã de hoje, passaram por exames e foram liberados pela equipe médica.

A aeronave modelo AS350-B2 Esquilo, foi fabricada em 2007 pela empresa Helibrás, operando desde então, no Serviço de Resgate Aéreo do CBMDF, com todas as revisões em dia, conforme determinam os órgãos de regulação.

De acordo com as autoridades, os exames periciais preliminares foram realizados ainda no local do acidente, sob responsabilidade do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). O órgão que conduzirá o processo investigativo para elucidação das circunstâncias e possíveis causas do acidente.

Em virtude do acidente, o CBMDF passa a operar com apenas uma aeronave no DF. Contudo, no final do ano de 2019, a Corporação recebeu uma aeronave apreendida pela Polícia Federal, que encontra-se em processo de manutenção detalhada e recuperação documental, para que seja inserida no socorro aéreo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade