Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Bebê é encontrado junto ao corpo da mãe dentro de casa em Luziânia

Jéssica Antunes
[email protected]

Um bebê de um ano e dois meses foi encontrado sozinho em casa ao lado do corpo da mãe no Setor Leste de Luziânia, na Região Metropolitana do Distrito Federal. O marido é o principal suspeito de ter tirado a vida da mulher de 38 anos. Segundo a Polícia Civil de Goiás, que investiga o caso como feminicídio, o homem está desaparecido.

O corpo de Shirley Regina de Souza foi encontrado com um corte no pescoço no corredor da casa onde ela morava com o filho caçula por volta das 6h30 de quinta-feira (11). Momentos antes, vizinhos ouviram uma discussão na residência.  O casal estaria em processo de separação por conta de um relacionamento conturbado.

No dia do crime, o marido, que não teve identidade revelada, chegou a acionar a polícia, dizendo que a mulher havia cometido suicídio e depois não foi mais encontrado. De acordo com o delegado Maurício Passerini, o homem é considerado o principal suspeito do assassinato. A vítima será velada e enterrada nesta sexta (12) em João Pinheiro (MG).

O perfil de Shirley nas redes sociais recebe homenagens de familiares e amigos. Há cinco dias, ela havia compartilhado uma foto do bebê: “a mamãe ama muito”. As postagens em relação à criança eram constantes, mas uma mensagem em relação às escolhas da vida se destaca em meio a diversas fotos carinhosas.

“Deus deu o livre arbítrio pra que cada um faça a escolha que achar melhor! Mas as consequências das escolhas feitas ficam por nossa conta e risco! Portanto, uma única escolha bem feita ou mal feita muda os caminhos do nosso destino! Experiência própria!”, publicou em setembro.

O Jornal de Brasília tentou contato com o Conselho Tutelar de Luziânia, mas não obteve resposta em relação às medidas tomadas em relação à criança.

 

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA