Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Autoridades participam de parada LGBT com ações educativas

Evento acontece neste domingo (14/7) às 14h. Estimativa de público é de mais de 100 mil pessoas

Publicado

em

Willian Matos
[email protected]

Neste domingo (14/7) acontece a 22ª Parada do Orgulho LGBTS de Brasília – 2019, organizada pela Associação Brasília Orgulho. O tema desse ano é “Stonewall 50, Beijo Livre 40, Resistência e conquistas”. Diversas autoridades ligadas ao Governo do Distrito Federal (GDF) vão participar do evento, conscientizando, distribuindo materiais informativos, fazendo a segurança, entre outras ações.

A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do DF (Sejus) estará em unidade móvel juntamente com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou Por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin), da Polícia Civil do DF (PCDF). Os órgãos realizarão atendimentos à população, dando suporte e orientações sobre como fazer uma denúncia por motivação LGBTfóbica.

Na mesma unidade, a Secretaria de Saúde fará distribuição de materiais informativos e de preservativos.

O evento está marcado para às 14h em frente ao Congresso Nacional e a estimativa de público é de mais de 100 mil pessoas. “O momento é de união por uma sociedade mais justa, igualitária e sem nenhuma forma de violência e preconceito. É papel do Estado proteger e promover a dignidade de todas as pessoas, respeitando a diversidade da população”, afirmou o Subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo.

No último domingo,  a Parada do Cruzeiro/Sudoeste/Octogonal foi a primeira a receber a ação “Sejus nas paradas LGBT do DF”, orientando sobre os serviços ofertados pelo Governo do Distrito Federal para a população LGBTS e distribuindo itens de prevenção.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade