fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ativistas realizam ato contra governo Chinês na Rodoviária do Plano Piloto

O ato na plataforma superior da estação, contou com distribuição de panfletos, máscaras e uma grande faixa anunciando o site do movimento

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O grupo Democracia Sem Fronteiras realizou, na tarde dessa terça-feira (24), uma manifestação contra o governo Chinês na Rodoviária do Plano Piloto. O ato na plataforma superior da estação, contou com distribuição de panfletos, máscaras e uma grande faixa anunciando o site do movimento que foi inclusive, o grande motivo da manifestação.

“Todas as informações listadas já foram previamente anunciadas em sites, jornais e revistas pelo mundo. Diante disso, nós decidimos compilar esses dados e centralizar eles em um único portal, além de apresentarmos outras denúncias e mentiras sobre o governo chinês. Por fim, deixamos claro que todo posicionamento tanto no site, quanto em nossas redes sociais, é um material que reflete a nossa opinião”, explica Gabriele Machado, ativista do movimento Democracia Sem Fronteiras.

Vale lembrar que a embaixada chinesa no Brasil afirmou nesta terça-feira (24) que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) segue os Estados Unidos para caluniar a China e pediu que a retórica norte-americana seja abandonada para evitar “consequências negativas”.

A declaração, postada em redes sociais, é uma resposta a publicações feitas na segunda-feira (23) pelo deputado, que é presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Twitter, Eduardo disse que o programa Clean Network, ao qual o Brasil declarou apoio, pretende proteger seus participantes de invasões e violações a informações particulares. Segundo ele, a iniciativa afasta a tecnologia da China e evita espionagem do país asiático.

“Isso ocorre com repúdio a entidades classificadas como agressivas e inimigas da liberdade, a exemplo do Partido Comunista da China”, completou o deputado, que depois apagou parte das publicações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade